Textos por aí

Conto novo na revista “A Taverna”

Você gosta do Ritchie? É, aquele, da “Menina Veneno”. Eu curto à beça — e as músicas dele foram inspiração para o conto “Como um fio que se estende pela eternidade”, na revista “A Taverna”, já disponível pela Amazon.

51345923_2283007001968995_4615129190629376000_n

A história começa quando um telepata paulistano descobre que alguém está invadindo sua mente — uma pessoa com um estranho sotaque gaúcho, com predileção por reclamar da escalação do Grêmio e por cantar canções do Ritchie enquanto trabalha. Quem é a telepata dentro da mente do telepata — e será que eles vão conseguir se entender, uma vez que podem ouvir até os pensamentos mais estranhos um do outro?…

Se você é de fichamento, o livro já está listado no Goodreads. Depois me conta o que você achou?

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s